Ver Todos os Cursos

Detalhes: Cozinha Brasileira

Público-alvo:Curso voltado aos amantes da gastronomia. Aprenda a fazer pratos tradicionais dessas regiões, Brasil de note a sul, além de dicas sobre variações, temperos e acompanhamentos.

Idade mínima: 16 anos


A culinária brasileira começou a tomar forma assim que os portugueses aportaram no litoral da Bahia. Os índios saborearam os vinhos portugueses e os marinheiros da esquadra de Cabral provaram o cauim (uma bebida obtida pela fermentação da mandioca), as frutas tropicais e os peixes do litoral brasileiro. Nossa culinária, claro, foi bastante influenciada pelos costumes portugueses, mas tem também sabores de toda a parte do mundo. Este curso objetiva capacitar profissionais da área ou não para elaborar pratos deliciosos das cinco regiões do Brasil. A escola fornece todos os insumos, avental, touca, apostila e certificado de conclusão. Curiosidades – A tradição europeia dos cozidos, como o cassoulet (francês) o puchero(espanhol) e o prórrio cozido português deram origem ao prato emblemático da gastronomia brasileira, a feijoada. Apesar de alguns cronistas afirmarem que a receita foi inventada por escravos, o historiador Câmara Cascudo, em seu livro A história da Alimentação no Brasil, afirma que a feijoada surgiu dos cozidos europeus.


Conteúdo programático:

Receituário do curso: Moqueca e peixe a Capixaba, frango com quiabo e angu, virado a Paulista, feijoada, caldeirada de costela de tambaqui, frango amazonas, bolinho de piracuru, arroz de tacacá, cocada de cupuaçu, brownie e castanha do pará, purê de pupunha, baião de dois, arroz Maria Izabel, carneiro ensopado, xinxin de galinha, acarajé, levanta tudo, chipa, ri ri, bori-bori, caribeu, filé tchapa e cruz, locro, sopa eslava, arroz de cordeiro e pinhão, barreado, bigos, charque na moranga,polenta dourada, maçã ao vinho, bolo de carne alemão, arroz carreteiro, sagu ao vinho tinto e creme de baunilha.


 

Cadastre-se e saiba mais sobre os valores e informações deste curso